A Universidade de Coimbra desempenhou um papel muito importante no  estabelecimento de contactos entre a Europa, a África, o Brasil e a Ásia, tendo centralizado muito do conhecimento sobre estes continentes que se foi agregando a partir do século XVI. Nesta altura, os jesuítas fundaram a primeira casa da Companhia de Jesus em Portugal e iniciaram missões de evangelização nos territórios de presença portuguesa. Coimbra foi essencial na formação académica dos missionários. Até 1759, a Companhia de Jesus instituiu diversos estabelecimentos de ensino em todo o país, dos quais se destaca o Colégio de Jesus, em Coimbra. O Colégio conimbricense adquiriu renome internacional, tornando-se ponto de passagem para matemáticos e astrónomos jesuítas europeus que nele estudaram ou ensinaram, antes de partirem em missão, tendo publicado o curso mais difundido e adaptado nos colégios europeus, o Cursus Conimbricensis. Este colóquio pretende dar a conhecer a história desta instituição, seja através de livros e documentos, seja conhecendo os edifícios, as obras de arte ou os testemunhos da ciência que ali se ensinou e que chegaram até nós.

Programa

Museu da Ciência da Universidade de CoimbraVISTO DE COIMBRA – O Colégio de Jesus entre Portugal e o Mundo

(5 e 6 de maio)

1º dia (5 de maio)
09.00: entrega da documentação
09.30: sessão de abertura

História da Companhia de Jesus

10.00: A chegada dos apóstolos a Coimbra e a fundação do Colégio de Jesus

            António Júlio Trigueiros (Universidade de Lisboa)

10.50: Os Achados da Sé Nova: novo acervo documental nas vésperas da expulsão

            Carlota Miranda Urbano e Margarida Miranda (Universidade de Coimbra)

11.40: café

12.10: Singularidades do Colégio de Jesus de Coimbra

            Fausto Sanches Martins (Universidade do Porto)

13.00: almoço

As publicações do Colégio de Jesus

14.30: Um Curso de Filosofia, entre Coimbra e o Mundo

            Mário Santiago de Carvalho (Universidade de Coimbra)

15.20: Escrever “sobre-tudo” e publicar o relevante ou a escrita como poder na Companhia de Jesus: O caso da obra escrita de Vieira, agora já editada completamente.

            José Eduardo Franco (Universidade de Lisboa)

16.10: café

16.40: O Colégio de Coimbra e a codificação dos estudos de Artes e Humanidades (século XVI)

            Margarida Miranda (Universidade de Coimbra)

20.00: jantar do colóquio no claustro do Colégio de Jesus
2º dia (6 de maio)

O Colégio de Jesus, a Educação e a Ciência

10.00: Clavius em Coimbra

            Henrique Leitão (Universidade de Lisboa)

10.50: Azulejos que testemunham o ensino da Matemática no Colégio de Jesus

            António Leal Duarte (Universidade de Coimbra)

11.40: café

12.10: The ‘daily life’ in the Colégio das Artes in an unedited comprehensive Flemish description of 1655 (Ignatius Hartoghvelt, SJ)

            Noel Golvers (Universidade de Lovaina)

13.00: almoço

O Colégio de Jesus e a Cultura

14.30: Coimbra e a missão do Japão nos séculos XVI-XVII numa perspectiva histórico-artística

            Alexandra Curvelo (Universidade Nova de Lisboa)

15.20: A Companhia de Jesus entre Coimbra e Macau: espiritualidade e ciência

            Maria de Lurdes Craveiro (Universidade de Coimbra)

16.10: café

16.40: O Edifício do Colégio de Jesus em 1759

            Rui Lobo (Universidade de Coimbra)

Poderá transferir o programa aqui.